Seguro Rural deixará de receber R$ 1,3 milhão

January 17, 2017

A economia amazonense deixará de receber, aproximadamente, R$1,3 milhão neste ano, valor que deveria ser repassado pelo governo federal, por meio do programa Seguro Rural. Com a apólice de seguro, o produtor pode minimizar suas perdas ao recuperar o capital investido na sua lavoura, prejudicada por fenômenos climáticos.

 

 

O benefício para os produtores rurais pode ser pleiteado por qualquer pessoa física ou jurídica que cultive ou produza espécies contempladas pelo programa, que é concedido pelo Ministério da Agricultura.

 

O presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Manaus, Raimundo Castilho, explicou que não sabe, ao certo, como funcionam os benefícios do seguro rural. Entretanto, ele afirma que deveria funcionar igual ao seguro-defeso, o benefício pago aos pescadores profissionais, inclusive em seu valor real, de uma salário mínimo que, atualmente, está na casa dos R$ 937.

 

Garantias

 

Segundo o presidente da Federação da Agricultura e Pecuária do Amazonas (Faea), Muni Lourenço, o seguro rural já vem sendo bastante pleiteado no Amazonas, para garantir uma indenização ao produtor rural, que acaba perdendo toda sua produção com os problemas climáticos.

 

O dirigente explicou que, no Amazonas, já existe o acesso ao seguro rural, mas de uma forma bastante tímida. Porém, para a implantação plena do seguro, o Amazonas deveria ter o "Zoneamento Ecológico e Econômico", que não foi concluído. "A pouca disponibilização do seguro rural não é um problema apenas nosso, vários Estados têm pouco acesso ao benefício", disse o presidente.

 

Para mais informações acesse:http://www.emtempo.com.br/setor-rural-deixara-de-receber-r-13-milhao/

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Gostou da leitura? Compartilhe o site, siga nossa página no Linked In / Facebook e deixe seu comentário para nos ajudar a proporcionar notícias e análises a mais leitores​​​​ ​

Copyright © 2016 Portal Seguro Rural. Todos os direitos reservados.