Perdas nas lavouras do RS chegam a 110 mil toneladas

June 4, 2017

As fortes chuvas que atingiram o Rio Grande do Sul nas últimas semanas trouxeram enormes prejuízos em segmentos da economia do Estado, e na agricultura não foi diferente. Segundo um levantamento realizado pela Emater-RS, dos 830 mil hectares cultivados com os principais grãos, 75 mil foram afetados, totalizando perdas de 110 mil toneladas.

 

Os dados são referentes ao período de 23 e 31 de maio, e foram coletados em 456 municípios do estado. A Emater calcula que 5,3 mil produtores foram afetados, especialmente aqueles que cultivam milho, soja e trigo.

 

Além dos grãos, outras atividades agropecuárias foram comprometidas por conta da chuva. É o caso da produção de frutas, onde 200 produtores tiveram 1,5 mil hectares atingidos, que resultaram em 2,9 mil toneladas de produto perdido ou comprometido em sua qualidade. Na horticultura, 3.700 produtores tiveram sua produção olerícola prejudicada, em especial 1.102 produtores de folhosas (alface, couve, repolho etc.), que perderam 916 toneladas de produto. Além disso, 150 agricultores tiveram sérios prejuízos em 800 hectares de suas plantações de batata, que resultaram em 1,6 mil toneladas perdidas.

Na pecuária a atividade mais prejudicada foi a produção de leite. Mais de 18 mil produtores, além de inúmeras usinas de beneficiamento, deixaram de coletar 13,8 milhões de litros, correspondendo a aproximadamente 14% da produção do Estado no mesmo período, quer por problemas no escoamento da produção (estradas danificadas), quer pelo desconforto animal devido à inacessibilidade ao consumo forrageiro. Nas pastagens, 780 mil hectares, entre cultivadas e nativas, tiveram suas áreas inundadas, diminuindo a capacidade de suporte, bem como a qualidade da forragem.

 

 

Para mais informações acesse: http://www.uagro.com.br/editorias/agricultura/2017/06/02/chuvas-no-rs-perdas-nas-lavouras-chegam-a-110-mil-toneladas.html

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Gostou da leitura? Compartilhe o site, siga nossa página no Linked In / Facebook e deixe seu comentário para nos ajudar a proporcionar notícias e análises a mais leitores​​​​ ​

Copyright © 2016 Portal Seguro Rural. Todos os direitos reservados.