Geadas causaram prejuízos recordes para produtores de frutas e vinhos na Europa em 2017

February 1, 2018

Entre Abril e Maio de 2017, grandes áreas da Europa foram atingidas por uma onda de frio que trouxe uma série de geadas noturnas. Como o processo de brotação já estava bem avançado devido a uma primavera excepcionalmente quente, as perdas atingiram níveis históricos - particularmente para os produtores de frutas e vinhos: as perdas econômicas são estimadas em 3,3 bilhões de euros, com cerca de 600 milhões segurados.

 

 

O dano causado pela geada às plantas ocorre devido a formação de gelo intracelular. As paredes celulares quebram e o conteúdo da célula seca. O padrão de perda é, portanto, semelhante ao que se vê após uma seca. As culturas estão em risco variável de geadas nas diferentes fases de crescimento. Elas são especialmente sensíveis durante a floração e logo após a brotação, como foi o caso das grandes perdas de frutas em abril de 2017. Na Espanha, a onda de frio também afetou os cereais, que já estavam florescendo até aquele período.

 

Mesmo os especialistas em risco ficaram surpresos com a extensão geográfica e a escala das perdas. As perdas foram maiores na Itália e na França, onde atingiram valores de aproximadamente um bilhão de euros em cada país.

 

 

Para mais infomações acesse: https://www.munichre.com/

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Gostou da leitura? Compartilhe o site, siga nossa página no Linked In / Facebook e deixe seu comentário para nos ajudar a proporcionar notícias e análises a mais leitores​​​​ ​

Copyright © 2016 Portal Seguro Rural. Todos os direitos reservados.