top of page

Após perder metade do milho, Nova Xavantina/MT deve aumentar em 5% o plantio da soja

Município sofreu com seca e cigarrinhas da safrinha e agora se preocupa com chuvas boas para o plantio previstas somente para outubro


A segunda safra de milho se encerrou em Nova Xavantina no Mato Grosso com a confirmação de perda de produtividade próxima aos 50% diante da expectativa inicial de atingir médias entre 100 e 120 sacas por hectare.


Segundo o presidente do Sindicato Rural de Nova Xavantina/MT, Artemio Antonini, a seca e a alta presença de cigarrinhas foram as responsáveis por essa redução de patamar.


Após essa diminuição do esperado, os produtores agora apostam em um bom desenvolvimento para a safra de soja 2022/23, que deve ter aumento de 5% na área cultivada no município.


O problema, é que só são previstas chuvas para a segunda quinzena de outubro, o que vai jogar o plantio da soja para ter início entre os dias 15 e 20 de outubro e apertar a janela da safrinha de milho em 2023.


Essa perspectiva de aperto na janela, aliada aos problemas de desenvolvimento do milho em 2022 estão fazendo muitos produtores cogitarem diminuir a área do cereal no próximo ano e apostar em um incremento de plantio de gergelim.



Para mais informações acesse: https://www.noticiasagricolas.com.br/

bottom of page