Café: contratação de seguro cresce 45% em 2021 ante 2020, informa CNC

O número de apólices contratadas para café em 2021 saltou 44,93% em comparação com o ano anterior. Em 2020, foram contratadas 8.691 apólices, enquanto em 2021 o total foi de 12.596 contratações, segundo levantamento do Conselho Nacional do Café (CNC). Em área total segurada, a cafeicultura saiu de 165.112 hectares em 2020 para 272.017 hectares em 2021, 106.905 hectares segurados a mais do que no ano anterior.


Com relação à subvenção ofertada pelo Programa de Subvenção ao Prêmio do Seguro Rural (PSR), o valor mais que duplicou. Foram ofertados R$ 43.236.574,00 em 2021, ante R$ 18.015.868,00 em 2020. Cerca de R$ 25 milhões de aumento dedicados à cafeicultura, destaca o CNC.


Mesmo com aumento nas contratações, o presidente do CNC, Silas Brasileiro, disse em nota que os produtores de café devem considerar o seguro como um investimento adicional nos valores de produção.


“O café representou 3,52% das contratações totais. No ano passado, após as intempéries climáticas, fomos buscar mais informações e vimos o quão vantajosa é a aquisição de um seguro rural, visto que a subvenção governamental aporta bons valores, diminuindo, consideravelmente, o prêmio pago pelo produtor. Continuaremos trabalhando para que os cafeicultores entendam que os sinistros na lavoura têm sido cada vez mais frequentes e ficar sem seguro é um risco muito alto a se correr”.



Por Estadão Conteúdo

Para mais informações acesse: https://www.canalrural.com.br