Produtores de café calculam prejuízos após chuva de granizo em Três Pontas, MG

Uma chuva de granizo que caiu na tarde de segunda-feira (9) trouxe prejuízos a lavouras de café de Três Pontas (MG). Os produtores trabalharam para contabilizar os danos.

O estrago foi maior em pelo menos 12 propriedades em uma região a 22 quilômetros da entrada de Três Pontas, na estrada sentido Nepomuceno (MG). O gelo da chuva de granizo queimou folhas e brotos de café, além de ficar acumulado no solo.


O vento da forte chuva ainda destelhou galpões e garagens. Em uma lavoura, o granizo comprometeu cerca de 30% da produção. Em outro ponto, a chuva destruiu pelo menos metade da lavoura.


“Nós estamos vivendo um ano muito difícil, muitas adversidades climáticas. Seca, temperatura acima da média histórica e algumas localidades sofreram com a chuva de granizo. A primeira coisa que tem que ser feita é o extensionista ir ao campo fazer uma avaliação da propriedade in loco pra ver onde foi mais afetado. A partir daí ele vai tomar as medidas cabíveis”, explicou o engenheiro agrônomo da Cocatrel, Eduardo Piedade Garcia.


Ainda conforme o engenheiro, o produtor de café terá custos adicionais. Um deles é a pulverização.


“A finalidade dessa pulverização adicional é proteger os machucados, as lesões que causaram em ramos, folhas e frutos. Também vai ter ferimentos nos troncos e com isso vai ter maior brotação”.


Eduardo explicou que as lavouras mais novas sofrem danos mais profundos, o que provoca até replantio de algumas plantas. Em casos mais severos, em lavouras adultas, há necessidade de fazer a poda completa.


O engenheiro avalia que a produção fica comprometida para o próximo ano. “Já tinha um comprometimento em função do estresse hídrico e somado a esse problema da chuva de pedra. Infelizmente, esses produtores sofreram esse dano adicional”.


Não é possível prever em quanto tempo as lavouras atingidas devem se recuperar de todo o prejuízo.



Para mais informações acesse: https://g1.globo.com/mg/sul-de-minas/

Gostou da leitura? Compartilhe o site, siga nossa página no Linked In / Facebook e deixe seu comentário para nos ajudar a proporcionar notícias e análises a mais leitores​​​​ ​

Copyright © 2016 Portal Seguro Rural. Todos os direitos reservados.