Seca no Sul poderá prejudicar o feijão da segunda safra

January 31, 2018

De acordo com o meteorologista do INMET, Luiz Renato Lazinski, as chuvas vão diminuir no centro sul do Brasil. “Em janeiro tivemos uma chuva atípica para a época no Paraná e em Santa Catarina. Choveu 400 mm, praticamente o dobro que é esperado para a época. Nos próximos 10 a 15 dias as chuvas vão dar uma trégua no Mato Grosso do Sul, São Paulo e toda a região Sul”, afirmou Lazinski.

 

Essa informação preocupa os produtores, uma vez que o feijão é altamente sensível a falta de água durante a floração e início de formação das vagens.

 

Apesar de não chover muito, as temperaturas não devem subir também. “Não tivemos um verão muito quente. As temperaturas foram mais amenas. Nos próximos meses o clima deve ficar mais seco”, explicou o meteorologista.

 

No Rio Grande do Sul os produtores podem se preparar porque a situação de seca deve se agravar nos próximos meses. No Paraná as chuvas não vão ultrapassar a média de 160 a 180 mm, serão chuvas bem irregulares. Por outro lado, as chuvas serão bem abundantes no Mato Grosso, Goiás e Minas Gerais.

 

 

Para mais informações acesse: https://www.noticiasagricolas.com.br

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Gostou da leitura? Compartilhe o site, siga nossa página no Linked In / Facebook e deixe seu comentário para nos ajudar a proporcionar notícias e análises a mais leitores​​​​ ​

Copyright © 2016 Portal Seguro Rural. Todos os direitos reservados.