top of page

Argentina derrete em onda de calor recorde no final do verão

A Argentina está sendo atingida por uma forte onda de calor no final do verão, com muitos lugares registrando temperaturas recordes para o mês de março, enquanto residentes, turistas e plantações sufocam ao sol.


Algumas vilas e cidades registraram temperaturas de até 40° Celsius, com Nueve de Julio e Ezeiza quebrando recordes para o mês. A própria Buenos Aires atingiu 38°C, quebrando um recorde estabelecido anteriormente em 1952.


"Você não pode andar por aí, está muito úmido. É difícil", disse o morador Gabriel Suarez.


Na quarta-feira, grandes áreas da Argentina ficaram sem energia --e ar-condicionado-- após um blecaute na rede nacional devido a um incêndio, disseram autoridades, conforme a onda de calor aumentou a demanda por eletricidade.


Moradores e turistas em Buenos Aires tentam se proteger do sol e beber muita água. Muitos ficam dentro de casa ou procuram outras maneiras de se refrescar.


A Argentina tem sido atingida pela seca desde o ano passado, o que tem afetado suas principais safras de soja, milho e trigo. Temperaturas elevadas e ondas de calor agravaram o impacto nas colheitas.




(Reportagem de Miguel Lo Bianco)


Para mais informações acesse: https://www.noticiasagricolas.com.br

Commentaires


bottom of page