top of page

Banco Central atende pleito do setor e altera regras do Proagro

A partir de agora, será possível acionar o seguro agrícola sete vezes no período de cinco anos.


Atendendo o pleito apresentado na semana passada pelo presidente da Frente Parlamentar da Agricultura Familiar, deputado Heitor Schuch (PSB/RS), e pela Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Rio Grande do Sul (Fetag/RS), o Banco Central publicou resolução mudando as regras para acesso ao Programa de Garantia da Atividade Agropecuária (Proagro).


O programa do Governo Federal garante o pagamento de financiamentos rurais de custeio agrícola quando a lavoura amparada tiver sua receita reduzida devido a eventos climáticos ou pragas e doenças sem controle.


A partir de agora, será possível acionar o seguro agrícola sete vezes no período de cinco anos. O limite anterior era de três sinistros, o que impedia os produtores prejudicados pela seca nos últimos três anos no Rio Grande do Sul de acessarem uma nova cobertura na safra 2023.


Conforme o deputado, a medida traz alívio aos 85.590 agricultores gaúchos que comunicaram perdas e agora continuarão segurados caso ocorra algum novo fator climático que gere prejuízos durante os próximos plantios. “O Banco Central foi sensível à nossa demanda e à situação preocupante que apresentamos, dos produtores que tiveram que acionar o Proagro nos últimos três anos e hoje estariam desamparados pelo seguro”, afirmou Schuch. “O Manual do Crédito Rural estava desatualizado nesse quesito e incompatível com a nova realidade climática do Estado”.


A proposta, que também foi encaminhada ao ministro do Desenvolvimento Agrário, Paulo Teixeira, é de que as indenizações pagas pelo programa na safra 2021/22, cuja estiagem foi generalizada em toda a Região Sul, sejam desconsideradas, mantendo assim os 85.590 agricultores gaúchos que comunicaram perdas segurados caso ocorra algum novo fator climático que gere prejuízo durante os próximos plantios.



Para mais informações acesse: https://folhapopular.info


Comments


bottom of page