top of page

Ciclo do trigo encurtou em Carazinho/RS e agora produtor se preocupa com geadas no espigamento

Julho seco antecipou o espigamento das lavouras, que estava previsto para após o dia 20 de setembro, e agora aumenta risco de geadas neste mês tirarem a produtividade que é projetada entre 60 e 62 sacas por hectare


A região de Carazinho no norte do Rio Grande do Sul passou por um período de seca no mês de julho que atuou para antecipar o ciclo das lavouras de trigo. Sendo assim, as áreas que estavam planejadas para entrar em espigamento após 20 de setembro já estão nesta fase.


Segundo o vice-presidente do Sindicato Rural de Carazinho/RS, Paulo Vargas, a região costuma ter geadas em setembro e esta fase de espigamento é muito suscetível à danos pelo frio, o que deixam os produtores preocupados para possíveis perdas da produtividade esperada entre 60 e 62 sacas por hectare.


Outras dificuldades enfrentadas pelos produtores são algumas cultivares apresentando mais oídio, além o aparecimento de pulgões. Nesses casos, a entidade recomenda buscar auxílio dos técnicos e realizar as aplicações necessárias.



Para mais informações acesse: https://www.noticiasagricolas.com.br/

Comentarios


bottom of page